quinta-feira, 18 de abril de 2013

Não podemos crer...



"Não podemos crer na total transparência dos seres; é necessário
aceitar que os outros tenham segredos, regiões de solidão.
A maior prova de amor será colocar-se à distância e não querer aí
penetrar."